sexta-feira, 29 de março de 2013

A verdadeira Páscoa

Texto : 1 Co 5.7
Cristo, nosso cordeiro pascal, foi sacrificado por nós

 Páscoa – palavra cujo significado em hebraico é:

  • passagem,
  • passar por cima passar por sobre.


Esse nome esta intimamente ligado a ultima das pragas que foi enviado por Deus a terra do Egito na época de Moises. Faraó precisava ser convencido por Moises para deixar Israel sair do cativeiro que durara cerca de 400 anos.
Deus que havia enviado Moises a faraó e cooperou com ele fazendo sinais. Entre esses sinais, 10 pragas. A ultima praga constava da morte dos primogênitos. Todos os primogênitos dos egípcios. Israel estaria protegido. Como se deu esta proteção? Cada família precisava matar um cordeiro, Pegar o sangue do cordeiro E assinalar a verga da porta com o sangue. Um anjo passaria sobre a terra do Egito E quando passasse por cima, a casa que não tivesse a marca do sangue, morreria o primogênito. Os egípcios foram atingidos por essa praga, morrendo todos os seus primogênitos, inclusive o de faraó. Logo em seguida, faraó deixa o povo de Israel ir embora da terra do Egito. Assim, a páscoa assumiu o sentido de libertação , de livramento do povo de Israel. Passou então a ser uma festa Uma das três grandes festas do povo hebreu , povo de Israel Que tinha como objetivo comemorar a libertação dos israelitas do jugo egípcio, ou cativeiro egípcio. A páscoa então passou a ser comemorada pelos israelitas anualmente, Como uma festa em família , uma refeição sacrificial Consistia: De um cordeiro assado, ou um cabrito, Paes asmos (sem fermento), E ervas amargas. Cada elemento deste tinha o seu significado: O cordeiro - servia para recordação do sacrifício O pão sem fermento – representava a pureza, visto que o fermento simbolizava a corrupção. E as ervas amargas - a servidão na terra do Egito. A páscoa tem sentido de redenção, festa, sacrifício, pureza. Este e o sentido da páscoa no At No novo testamento para os cristãos o assunto e tratado com a mesma importância , mas sobre um ponto de vista diferente. Paulo diz em 1Co. 5.7 que Cristo é a nosso páscoa. Paulo diz que cristo é o cordeiro pascal. E deve-se fazer festa sem o fermento da maldade, da perversidade. Etc. Então para nos, páscoa é uma festa. Uma festa que nos só podemos celebrar , porque houve um sacrifício. E quem foi esse sacrifício. Jesus Jesus foi o cordeiro de Deus morto, para remissão de pecados. Através do sacrifício de Jesus , o ser humano que se achega a ele alcança perdão dos pecados, libertação, tudo de bom. Na verdade a morte do cordeiro é um dos pés que sustenta a nossa salvação. Pois a salvação do homem esta assentada sobre um tripé. Que seriam: O nascimento virginal, A morte E a Ressurreição.

 Pr.Cassio Castelo

Um comentário:

  1. Pr Cassio, um artigo sobre pascoa no site http://www.gospel10.com/artigos/artigo--desde-quando-pascoa-e-a-ressurreicao-de-cristo--1637
    Precisamos difundir a verdadeira pascoa ao noso povo, que comemora como uma festa e nao como uma reflexao.
    um abraco em Cristo

    ResponderExcluir

Pesquisar este blog

Teologia, Devocional e informação do cenário evangélico